3 de novembro de 2017

Aquilo que chamam de "doença" eu denomino de cura



Aquele corpo que não era o ideal para muitas pessoas, cheios de falhas, de atrasos de rótulos, de explicações e teorias para mim sempre foi perfeito.
Aquilo que chamam de doença eu denomino de  cura. E por mais que expliquem e tenham a razão que pertença a eles, ela sempre será puro encanto e amor.
Que Deus sempre cuide de sua preciosa vida filha! 

(Adriana Silva)

24 de outubro de 2017

Alegria compartilhada das crianças vale mais do que o orgulho solitário

Relacionamento Materno


Algumas vezes falar do relacionamento materno não é algo confortável. Todos nós temos as nossas cicatrizes de infância e sempre emponderamos nossas mães. Colocamos elas como seres perfeitos, mas são pessoas que erram. Aprendemos isso quando passamos pelo mesmo... Quando somos abençoadas pela maternidade. 
Talvez o maior conforto, é saber e ter alguém que nos ama mesmo com todos os nossos defeitos, mesmo que a gente não tenha entendido nossas mães. Talvez esse filho nos mostre que todas aquelas coisas que foram colocadas na nossa cabeça não existe, e a melhor coisa do mundo é ser admirado mesmo quando caímos na decadência. 

(Adriana Silva)

11 de outubro de 2017

Seguir em frente


Muitas vezes só conseguimos valorizar a beleza das coisas quando andamos por caminhos difíceis onde vemos que precisamos delas para seguir em frente.
(Adriana Silva)

2 de outubro de 2017

Coisas que gosto...


Gosto de imagens de corujas acho que está ligada a sabedoria. Essa achei linda, logo identifiquei eu e a minha filha. Gosto de imagens de sapinhos, acho eles sapecas. Gosto de borboletas pois elas são lindas e me lembram transformação, de joaninhas que me lembram infância, de margaridas que me lembram a beleza da simplicidade. 
Depois que a gente se torna mãe, passamos a projetar coisas que fazemos uma conexão com o mundo materno. Dentro de mim, há uma porção de coisas com seus significados ou a sensação e sentimentos. Gosto dessas coisinhas pois em tudo que vejo lembro que sou mãe. E por ser mãe, gosto tanto dessas coisinhas...

(Adriana Silva)